5 DICAS IMPORTANTES

Existem empresas e profissionais que fazem a limpeza de piscinas; porém, evidentemente, esse serviço não sai de graça. Então, cuidar da piscina sozinho é a opção para quem deseja economizar e, ao mesmo tempo, ter uma água cristalina e sempre pronta para usar.

Mas, para que isso seja possível, é preciso saber como proceder com os cuidados necessários para fazer uma limpeza profissional. Então, que tal algumas dicas para você mesmo cuidar da piscina? Confira neste artigo!



1. Verificar a cor e parâmetros da água

A água da piscina, para estar apropriada para banho e também ter um aspecto bonito e cristalino, precisa estar equilibrada. Por isso, é necessário observar com frequência a cor da água e fazer a medição dos seus parâmetros.

A água pode ficar turva, leitosa, esverdeada ou adquirir outras colorações desagradáveis. Isso em razão da presença de algas, partículas em suspensão e outros problemas. De acordo com a coloração da água, é possível identificar o problema e fazer a devida correção.

No caso dos parâmetros, utilize um kit para medição do pH, alcalinidade e cloro da água da sua piscina. Em caso de irregularidades, faça a correção com o produto adequado, sempre na dosagem certa para o volume da sua piscina.



2. Verificar o filtro

O filtro é o equipamento responsável por impedir que impurezas permaneçam na água da piscina. É por ele que toda a água passa, e, sendo assim, é essencial que esteja limpo.

Para cuidar da piscina adequadamente, também é preciso verificar o filtro e observar se ele não precisa ser higienizado. Nesse caso, deve-se proceder a limpeza de acordo com as instruções do fabricante.

Isso porque cada modelo de filtro exige um tipo de manutenção, que é a mais adequada para ser eficaz e não danificar o equipamento. Siga as instruções corretamente para não cometer erros.

A limpeza do filtro é uma etapa importante porque, quando ele está sujo, reduz a vazão da água. Além disso, o acúmulo de impurezas impede que ele proceda a filtragem adequada e também pode promover a proliferação de microrganismos na água.



3. Remover resíduos

O vento pode trazer diversos resíduos que vão se depositar na água da sua piscina. Para que ela permaneça limpa, é preciso todos os dias retirar as folhas, gravetos, insetos e outros que estejam em suspensão na água.

Caso os resíduos estejam no fundo, usar o aspirador também é importante, pois eliminará as partículas que o filtro não alcança — como aquelas mais densas que não se movem facilmente e se acumulam num canto.

Retirar esses resíduos é fundamental não apenas para o aspecto da piscina, mas também porque eles podem influenciar no pH da água e desequilibrar os seus parâmetros. Além disso, promovem a proliferação de bactérias.

Uma boa dica para evitar os resíduos na água e facilitar para você cuidar da piscina é investir em uma cobertura. Assim, a sujeira não cai na água e ainda é possível evitar possíveis acidentes com crianças ou animais. A piscina fica toda protegida.



4. Limpar o entorno da piscina

Não é apenas a água que precisa de cuidados, mas também o seu entorno. Mantenha o piso ao redor da piscina limpo e livre de resíduos, pois eles poderão cair na água ou serem carregados para dentro dela pelos banhistas.

Se a piscina tiver um deck, esse também precisa ter sua madeira hidratada, estar com a manutenção em dia e limpo — assim como no caso do gramado e jardim. Ambos devem ser muito bem cuidados com a retirada de folhas e galhos secos, além de podas constantes para manter a boa aparência e evitar a sujeira.

Lembre-se de na hora em que for fazer a manutenção da área do entorno da piscina, escolher um dia que não tenha vento, pois ele jogará toda a sujeira na água. Para cortar a grama, coloque uma cobertura na piscina, ou use tela de proteção, para impedir que a grama caia na água.



5. Usar uma bola de tênis

Essa é uma dica simples e interessante para você cuidar da sua piscina — e que ainda pode te ajudar a economizar produtos de tratamento para água.

Quando notar oleosidade na piscina, jogue dentro dela uma bola de tênis. O material da bola é capaz de absorver a oleosidade causada pelo protetor solar e bronzeadores, por exemplo.

Deixe-a flutuando na água e depois utilize os produtos para reduzir a oleosidade, como o hth® Elimina Oleosidade, por exemplo. Assim, você restaurará o equilíbrio da água. Se preferir, pode também deixar a bola de tênis na água da piscina.

Mas lembre-se que esse é um artifício para auxiliar na limpeza e eliminação da oleosidade. Ele não deve ser utilizado como substituto dos produtos para tratamento. Trata-se de um complemento apenas, que sozinho não é totalmente eficaz.


Outros pontos importantes ao cuidar da piscina

Além desses cuidados que você precisa ter com sua piscina, também é preciso estar sempre atento a qualquer outro tipo de problema que possa surgir. Os vazamentos são um dos pontos importantes a serem observados.

Se você notar que sua piscina parece sofrer perda de água em excesso, faça o teste para identificar possíveis vazamentos.

Marque com uma fita crepe a altura da água e espere 24 horas. Então, meça o quanto ela reduziu. Perdas maiores do que 3 mm podem ser consideradas como vazamentos. Nesse caso, é preciso encontrar o problema para saná-lo.

Mais um ponto importante é manter sempre uma ducha na piscina. O banho de ducha é essencial para eliminar do corpo o suor, poeira e excesso de produtos, como hidratante ou protetor solar, entre outras impurezas.

Elas desregulam os níveis da água, promovem a formação da cloraminas e podem favorecer a proliferação de microrganismos.

Além disso, a ducha também é importante para regular a temperatura corporal o mais próxima possível da temperatura da água da piscina — isso para evitar o choque térmico.

E se você quiser se aprofundar um pouco mais no assunto com outros detalhes importantes sobre como cuidar da piscina, leia este artigo. Você vai aprender tudo sobre a casa de máquinas, entender cada função e ainda receber algumas dicas interessantes!


Voltar

Piscinágua © Copyright 2018 - Todos os direitos reservados.